Nosso mundo anda mais barulhento e agitado do que nunca, uma enxurrada de informações e demandas chegam a nós a todo momento. Parece que temos que ter respostas para tudo, sobre todos os assuntos, o tempo inteiro.

Imagina que absurdo não responder imediatamente uma mensagem que nos chega? A impressão que se tem é que ninguém pode suportar nenhum tipo de frustração, se a pessoa vê a mensagem e não responde parece uma afronta pessoal. E isso faz com que entremos num círculo vicioso de ter que sempre estar sempre respondendo, correspondendo àquilo que os outros esperam de nós.

Esta necessidade de estarmos sempre correspondendo a padrões preestabelecidos, esta neurose de sermos sempre muito ocupados para nos sentirmos úteis, acaba nos levando a tantos sintomas que hoje vemos abalando milhares pessoas pelo mundo afora: stress, depressão, ansiedade, síndrome do pânico e por aí vai.

Mas vamos parar um pouquinho para refletir. Temos realmente tanta necessidade de agitação, de responder a tudo imediatamente? Podemos olhar pra dentro de nós e nos perguntarmos qual o sentido de tudo isso? Será que existem espaços de pausas na rotina?

TODOS OS DIAS PROCURE VIVER O MOMENTO PRESENTE, PELO MENOS ALGUMAS VEZES AO DIA PERMITA-SE PAUSAR, ACALMAR, ESTAR DE CORPO E ALMA NO LUGAR ONDE VOCÊ ESTÁ!

Marlise Ferreira
Psicologa e Life Coach

As pausas têm um poder extraordinário de trazer clareza, calma, tranquilidade. Quando falo de pausas, não me refiro às pausas de trabalho que você para pra tomar um café, mas continua falando, pensando no que precisa fazer logo mais, ou lembrando de algum episódio do passado… pensando sem tréguas. Estes momentos ajudam fisicamente, têm o seu papel, mas a pausa que realmente pode contribuir para o equilíbrio emocional, mental e espiritual é aquela em que você se entrega ao momento presente.

Criar momentos de pausas no dia a dia para simplesmente observar, sem julgamentos, se entregando ao que você se propôs. Por exemplo, perceba onde você está agora: está sentado, de pé, está se sentindo tenso, agitado, ou relaxado? Como é o ambiente onde você está? Observe sons, aromas, movimentos, sinta este lugar. Respire profundamente e apenas perceba o momento.

Todos os dias procure viver o momento presente, pelo menos algumas vezes ao dia permita-se pausar, acalmar, estar de corpo e alma no lugar onde você está! Este tipo de pausa que nós estamos precisando, para recarregar as energias para suportar o mundo de fora, tão agitado e tenso.

“O que nos trouxe até aqui não é o que vai nos levar para o futuro”. Essa frase é do nosso querido Diogo Arndt Silva. É isso! Precisamos encontrar novas formas de levar a vida: mais presença, mais momentos de calma e pausas, busca de um sentido maior. Desta maneira vamos percebendo que somos muito mais do que nossos papéis, nossas realizações e podemos sentir a alegria de viver de forma mais genuína e verdadeira. É preciso agir para pausar! Contraditório? Mas se não nos damos conta que é preciso fazer algo diferente para termos novos resultados, acabamos perdendo a oportunidade de conhecer novos caminhos. E a pausa traz consigo o poder de nos abrir horizontes novos. Pare todos os dias para observar a sua vida, calmamente, respire de forma consciente para trazer presença.

Te desejo vida! Longa vida!

 

Fonte: ARTIGO PUBLICADO NA REVISTA CORRETORA DO FUTURO
30ª edição | ano 5 | 2019 | out/nov/dez