ANYWHERE OFFICE: Lojacorr flexibiliza formato de trabalho

Novas possibilidades de conciliar afazeres profissionais e pessoais priorizam a continuidade do desenvolvimento da organização e do time

 

A necessidade do distanciamento social devido à pandemia do novo coronavírus mostrou que o home office ultrapassou as fronteiras de uma opção profissional para uma exigência temporária em muitas atividades econômicas. Hoje, passa a ser também uma opção organizacional para o futuro. O formato evoluiu para o ‘Anywhere Office’, dando lugar para a produção profissional em qualquer lugar, respeitando a regra das entregas em prol do desenvolvimento da operação, por meio da segurança e proteção do time. Trata-se da flexibilidade e de novas formas de relacionamento, aliando a vida pessoal e profissional.

A segurança sanitária do colaborador foi prioridade desde os primeiros dias de março do ano passado na Rede Lojacorr. Entretanto, houve também o olhar da empresa para a proteção emocional da equipe, em que muitos colaboradores tiveram o apoio para estar junto de suas famílias nesse período, com conforto e suporte técnico para desenvolver seus trabalhos de forma semelhante como acontecia no escritório. O objetivo foi garantir as melhores condições de desenvolvimento da organização e do time.

Após um ano dessa realidade, a Lojacorr passou a oficializar o Anywhere Office, como uma variante do teletrabalho, sendo agora regulamentado também pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). A empresa criou alguns processos que poderão ser estendidos no pós-pandemia, como uma opção para quem curtiu à beça o home office e chegou até a produzir mais que o normal em casa. A opção do teletrabalho da Lojacorr oferece auxílio home office em dinheiro para gastos como internet, luz e ergonomia. Quando a atividade permitir, e em concordância com a liderança, o colaborador poderá optar em fazer 100% home office ou parcial após a pandemia. Há alguns que preferem voltar para o escritório, mas existe parcela optante pelo ‘novo normal’.

 

O presidente (CEO) da Lojacorr, Diogo Arndt Silva, valida que a possibilidade de trabalhar em qualquer lugar se tornará definitiva para os colaboradores da Rede Lojacorr no pós-pandemia. Segundo ele, é uma jornada de novos aprendizados para todos, cuja prioridade é sustentar e desenvolver a cultura e a produtividade das entregas. “Nosso time altamente engajado e comprometido com a satisfação dos nossos clientes demostrou que é possível manter a performance e melhorar a qualidade de vida trabalhando remotamente. A redução do tempo com deslocamentos e com as interferências no escritório proporcionou mais liberdade e equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Com isso as pessoas serão mais felizes, mais produtivas e comprometidas com nossos clientes”, afirma.

NOSSO TIME ALTAMENTE ENGAJADO E COMPROMETIDO COM A SATISFAÇÃO DOS NOSSOS CLIENTES E DEMOSTROU QUE É POSSÍVEL MANTER A PERFORMANCE E MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA TRABALHANDO REMOTAMENTE. A REDUÇÃO DO TEMPO COM DESLOCAMENTOS E COM AS INTERFERÊNCIAS NO ESCRITÓRIO PROPORCIONOU MAIS LIBERDADE E EQUILÍBRIO ENTRE A VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL. COM ISSO AS PESSOAS SERÃO MAIS FELIZES, MAIS PRODUTIVAS E COMPROMETIDAS COM NOSSOS CLIENTES

DIOGO ARNDT SILVA
PRESIDENTE (CEO) DA LOJACORR

Anywhere Office é uma proposta ousada de uma empresa que tem o cliente no centro e nos colaboradores seu principal ativo. “O corretor, que é nosso cliente, já acessa nossa plataforma por mobile e pode atender os consumidores de qualquer lugar e, estes clientes estão igualmente protegidos por nossos produtos e serviços em qualquer lugar do planeta”, emenda Dirceu Tiegs, diretor de Gente e Gestão (CHRO) da Lojacorr.

O CHRO conta que foi contratado durante a pandemia na cidade de São Paulo e o time de Gente e Gestão vive na Grande Curitiba. “Não estive presencialmente com meu líder, com meus pares ou com meu time e as coisas estão fluindo bem. Vou adorar poder me integrar presencialmente com todos os colegas da Lojacorr, mas vou seguir vivendo em São Paulo quando a pandemia passar. Também devo seguir em home três dias na semana, pois para mim significará menos seis horas de trânsito”, cita o gestor.

A Lojacorr irá ofertar vagas em locais onde não tenha estrutura física, importando para a empresa as competências e que o novo colaborador seja aderente aos valores e cultura da rede. Hoje, a empresa já tem um time bastante maduro na questão do home office e ele acredita que, com o tempo, aquelas funções que possam ser trabalhadas remotamente, permitirão que os profissionais tomem decisões como viver em outra cidade, conseguindo mais qualidade de vida ou seguindo seus sonhos. “Uma colega do mercado de seguros morava em Curitiba e hoje mora na Ilha do Mel, e segue trabalhando, produzindo muito e vivendo uma experiência inimaginável anteriormente. Com o passar do tempo, avaliaremos em conjunto o que funciona melhor para o nosso desenvolvimento como profissionais. Como instituição que integra a comunidade, temos uma responsabilidade social também com os colaboradores e seu desenvolvimento. Não conseguimos mensurar o quanto uma jornada 100% home office pode impactar no aprendizado e evolução que o mundo corporativo exige. O que verificamos neste ano de distanciamento social é que temos desafios importantes a serem superados, que não são somente tecnológicos, mas as questões comportamentais são muito relevantes, dado que o ser humano vive em coletivo. O importante é que já temos uma visão clara de que podemos sim trabalhar ‘anywhere’, em regime total ou parcial, fazendo a grande transformação digital que nosso mercado precisa, conciliando nossas vidas pessoais e tendo um propósito coletivo de proteger mais e melhor”, menciona Dirceu Tiegs.

Wesley de Jesus Santos, técnico de Operações I, é um desses exemplos de colaborador que voltou para sua cidade natal, autorizado pela empresa já no começo da pandemia, e continua trabalhando normalmente. Ele conta que está em Sergipe junto da sua família e é imensamente grato à Lojacorr por permitir que possa exercer seu trabalho estando próximo de quem ele ama. “A empresa olha de verdade para a segurança do funcionário. Muitas pessoas estão se arriscando e eu estou em casa com minha família, cuidando da minha saúde física, emocional e profissional. Com isso, a Lojacorr cria laços fortes de afeto com sua equipe”, valida.
Já Brendon Carvalho, analista Desenvolvedor Jr do departamento de Tecnologia, foi contratado durante a pandemia, mas prefere o modelo híbrido. Ele mora em Belford Roxo, localizado no estado do Rio de Janeiro. Para ele, entre as vantagens de trabalhar home office estão a diminuição de ocorrência de atrasos, já que muitas vezes há muito trânsito ou um transporte público cheio. Além disso, existe também a garantia de conforto e bem-estar, com menos riscos de acidentes, ameaças e principalmente assaltos. Entretanto, a falta de comunicação presencial é uma desvantagem. “Hoje em dia existem ferramentas na internet, mas nós sabemos que não é a mesma coisa que conversar pessoalmente”, pondera.

 

Fonte: ARTIGO PUBLICADO NA REVISTA CORRETORA DO FUTURO

35ª edição | ano 7 | 2021 | jan/fev/mar