Você sabe qual a IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO EFICAZ no dia a dia do ambiente corporativo?

Já dizia o Velho Guerreiro: “Quem não comunica se trumbica”. Durante boa parte da minha juventude ouvi Abelardo Barbosa, o Chacrinha, ecoar esse bordão em seus programas televisivos. Esta frase é até verdadeira, porém, sugere uma reflexão mais profunda, afinal, uma má comunicação pode ser tão prejudicial quanto a falta dela.

A comunicação é importante, entretanto desmerecida em ambientes corporativos, pois tão caótico quanto impedir as pessoas de se comunicarem pode ser permitir a comunicação ineficaz. Para começarmos, é fundamental um alinhamento sobre a definição de comunicação eficaz, para que faça mais sentido compreender sua importância no mundo corporativo.

A comunicação eficaz é aquela focada em um propósito, geralmente objetiva e representada pelo menor discurso possível para sua compreensão, direcionada às pessoas certas, direta e habitualmente começando pelo ponto central, sem a preocupação de cercar todas as possibilidades de interpretação e de questionamentos posteriores pelas partes que a recebem.

Para reforçar este alinhamento, vamos revisar em contrapartida o que NÃO é uma comunicação eficaz:
– Uma comunicação vaga e que divaga em exemplos excessivos, em contextualizações desnecessárias e ainda que se perde em ramificações que não agregam valor;- Uma comunicação prolixa onde o locutor se preocupa tanto em deixar o discurso inteligível para todos que acaba dando voltas e consumindo muito tempo desnecessário;- Uma comunicação que envolva pessoas sem alinhamento com seu propósito, causando questionamentos de compreensão fora de hora;- Uma comunicação que justifique o máximo de possibilidades antes de chegar ao ponto central, fazendo com que o acompanhamento de sua estrutura lógica seja um grande desafio.
Agora que temos este conceito bem alinhado, vamos falar de uma aplicação muito nobre para sua causa.

A COMUNICAÇÃO EFICAZ É AQUELA QUE DIZ O QUE PRECISA SER DITO, NEM MAIS NEM MENOS, APENAS O NECESSÁRIO

DIEGO WILDBERGER

O ecossistema corporativo é um ambiente complexo, composto de pessoas e processos trabalhando com o propósito de harmonia em busca de resultados intermediários e que irão compor resultados finais. Esses elementos estão diante de um cenário dividido por grupos de responsabilidades distintas, mas que se combinam e se alinham para que tudo funcione. Ou seja, uma bomba relógio armada, uma máquina, um organismo vivo.

E qual é o elo entre todas as partes deste organismo? A comunicação! Experimente deixar todas as pessoas impossibilitadas de se comunicarem durante um dia em uma empresa para observar o que acontece – certamente um silencioso caos.

A comunicação é tão importante quanto desmerecida em ambientes corporativos, porque tão caótico quanto impedir as pessoas de se comunicarem, pode ser permitir a comunicação ineficaz, como vimos no início deste artigo.

A comunicação eficaz faz com que o ambiente corporativo se torne mais produtivo, organizado e sustentável, características essenciais para o crescimento de um negócio.

E agora uma boa notícia: não há grande mistério em se implantar um padrão de comunicação eficaz em um ambiente corporativo. Muitas vezes, um bom plano de comunicação e um correto treinamento em comunicação corporativa dão conta do recado, mas o primeiro passo, sem dúvidas, é reconhecer a sua importância como parte fundamental da alta produtividade e do sucesso.

Para finalizar, lembre-se: a comunicação, quando realizada de forma efetiva, favorece o envolvimento do colaborador com os princípios da empresa, reforçando seus valores frente aos parceiros. Além disso, ela é uma ferramenta que promove a sinergia para alcançar os resultados almejados.

 

Fonte: ARTIGO PUBLICADO NA REVISTA CORRETORA DO FUTURO

35ª edição | ano 7 | 2021 | jan/fev/mar